Contratações de crédito rural crescem 36% em dois meses do Plano Safra.


     A contratação de crédito rural por produtores rurais, cooperativas e agroindústrias somaram R$ 64,11 bilhões em financiamentos nos dois primeiros meses de operação do Plano Safra 2021/2022. Os recursos são usados para financiar a atividade agropecuária, florestal, aquícola e pesqueira. O montante contratado registrou uma alta de 36% em relação ao mesmo período do ano anterior, conforme a divulgação do balanço do crédito rural nesta quinta-feira, 2, pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura (Mapa).

   Os recursos contratados com investimentos somaram R$ 18,3 bilhões, apresentando maior alta (61%). As operações de custeio totalizaram R$ 35,99 bilhões, 25% a mais em comparação a igual período do ano passado. Já a industrialização, alcançou R$ 5,8 bilhões (60%) e a comercialização, R$ 4 bilhões (23%).

  “O início da safra 2021/2022, com a contratação do crédito rural alcançando um incremento significativo comparado com o mesmo período da safra anterior, reflete alguns fatores conjunturais que, se contabilizados, resultam em perspectivas favoráveis ao setor agropecuário. Não obstante as intempéries climáticas que prejudicaram a safra 2020/2021, o otimismo prevalece e reflete-se na demanda excepcional por investimentos na modernização da produção, ” ressalta o diretor de Crédito e Informação do Mapa, Wilson Vaz de Araújo.

  Os números dos contratos de financiamentos superam 242 mil no custeio (aumento de 7%), 220 mil no investimento (3%), 3 mil na comercialização e 492 contratos na industrialização (76%).

Leia mais em:

https://www.canalrural.com.br/noticias/contratacoes-de-credito-rural-crescem-36-em-dois-meses-do-plano-safra/

Fonte: Canal Rural.